sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

FESTIVAL NEWSEDAN MERCEDES-BENZ :: UM SHOW de OFERTAS EXCLUSIVAS :: 20/01 :: PINA - RECIFE - BRASIL.








Festival New Sedan Mercedes-Benz
Sábado, dia 20 de Janeiro à partir das 9h
Esperamos vocês para conhecerem os maravilhosos carros da top alemã Mercedes-Benz e degustar uma deliciosa feijoada com chopp geladíssimo!

Avenida Herculano Bandeira, 297 - Pina - Recife.

*A famosa barbearia TROIS da moçada descolada do Recife, terá um espaço exclusivo para corte de cabelo/barba.

C/O: Roseane Cabral
Fotos: Divulgação.

TÁ BOM A GENTE FREVA :: RAYBANS + DJ SARAH FALCÃO + DECO BASTOS + COEI :: 27/01 :: DOWNTOWN PUB :: RECIFE - BRASIL.


Vai ter ROCK🤘 no carnaval sim!

Prévia do TÁ BOM A GENTE FREVA - ANO X
Show com RAYBANS + DJ SARAH FALCÃO, DECO BASTOS e COEI

Tickets
www.sympla.com.br

Sábado, dia  27 de Janeiro às 22h

Downtown Pub
Rua Vigário Tenório, 105 - Recife Antigo.


C/O: Tito Lívio Saraiva.
Fotos: Divulgação.

REC-BEAT APRESENTA :: 03/02 :: CENTRO CULTURAL LUIZ FREIRE :: CARMO - OLINDA - PERNAMBUCO - BRASIL.


O Festival Rec-Beat realiza a prévia "Rec-Beat Apresenta" em Olinda, no dia 03 de fevereiro, no Centro Luiz Freire. Este é o quinto ano em que o festival realiza prévias, o segundo ano consecutivo em Olinda, o que representa um retorno às origens do Rec-Beat, que teve suas primeiras edições em meados dos anos 1990, no mesmo Centro Luiz Freire.

Nesta edição, o "Rec-Beat Apresenta" Olinda é realizado em parceria com a PWR records. O selo vem se destacando nacionalmente, estimulando a presença das mulheres nos mais diferentes nichos e fomentando a cena com novidades garimpadas no rico e diversificado universo musical feminino.

Ao investir em projetos como o "Rec-Beat Apresenta" o festival mantém a sua essência mais de duas décadas depois, e continua expandindo as possibilidades sonoras da festa carnavalesca, reinventando o local a partir de experiências estéticas diversas.

A programação é gratuita.
As atrações serão anunciadas em breve.

Sábado dia 3 de Fevereiro das 20h às 00h

Centro Cultural Luiz Freire.
Rua 27 de Janeiro, 181 - Carmo - Olinda.


C/O: PWR records e Festival Rec-Beat
Fotos: Divulgação.

Olinda com a cidade do Recife ao fundo.

TRADICIONAL FESTA de SÃO LÚPULO :: 24 e 25/01 :: ARENA CERVEJAR :: MARGINAL PINHEIROS :: SÃO PAULO - BRASIL.


= = As cervejas, as comidas, as músicas e os amigos = = =
= = = CATRACA LIVRE = = =

A Tradicional Festa de São Lúpulo agora será na nova Arena Cervejar, na Marginal Pinheiros e com muito mais espaço para as peripécias do santo cervejeiro.

São dois dias de festa!

24/01
À partir das 18h00, com uma happy hour regada à jazz e brasilidades, além das famosas cervejas especiais.
A partir das 20h00 jazz ao vivo com a banda do bloco Carnajazz.

De quebra, vamos comemorar o aniversário do cervejeiro Silvio Rod, um cara que dedica sua vida à São Lúpulo.

25/01
Neste dia, São Lúpulo faz sua homenagem a São Paulo e prepara uma baita festa para comemorar o aniversário da cidade.

À partir das 14h00 todas as cervejas e comidas, recreação artística para as crianças, cadeiras de praia para quem quiser curtir um sol e chuveirões para refrescar o calorão.

18h00 início dos preparativos para o som ao vivo com a banda Pink e o Cérebro - Pink Floyd Tributo.

Diversão, cervejas, comidas e música o tempo todo.

Arena Cervejar.
Avenida das Nações Unidas, 6.967 - Pinheiros - São Paulo.

= = = CATRACA LIVRE = = =
= = = É SÓ CHEGAR = = =



Divulgação: Anna Guerra.
Fotos: Divulgação.

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

GORETTI CASTRO ARTISTA PLÁSTICA PERNAMBUCANA em ASCENSÃO no MERCADO INTERNACIONAL :: ENTREVISTA & PLANOS PARA 2018!


GORETTI CASTRO

Artista Contemporânea Brasileira, fui guiada pelas mãos do Mestre Fernando Lúcio, que me deu toda bagagem acadêmica e pelo Mestre Wellington Sena, que me introduziu na contemporaneidade.
Meu trabalho transita entre o expressionismo e o expressionismo abstrato.

A inspiração vem de cenas simples do nosso cotidiano. Faço uso de técnica mista, onde crio texturas com materiais diversos. Independente da obra, da cor que utilize na pintura, do motivo, aplico um pedaço de papelão pintado de vermelho de tamanho e forma variada, como uma marca que criei pra mim. Muitas pessoas já reconhecem um Goretti Castro pela técnica e pelo papelão vermelho.
Faço uso da tinta acrílica e materiais como papelão, tecido, barbante, juta, esteira, cordas, massa, entre outros.
Não gosto de nomear minhas obras para deixar a gentileza da livre escolha, já que cada pessoa vê e sente a obra de uma maneira diferente.
E essa sou eu, a pernambucaníssima Goretti Castro.

1- O que é a Arte pra você?

GC: Cada pessoa tem sua definição de Arte. A Arte é uma coisa muito abrangente. Para mim a Arte é minha essência e é algo feito pra emocionar, mexer com quem a contempla. Não adiantaria desenhar e pintar muito bem, se você não colocar alma no seu trabalho. Você precisa passar emoção, força, beleza... É uma entrega, entende? É quase como parir um filho ou mesmo fazer amor!
A Arte também é uma forma de construção, de protesto e a maior beleza é ser dona absoluta da sua liberdade. A Arte sou eu!

2- Como você viu essa polêmica Exposição Queer Museu promovida pelo Santander?

GC: Ridiculamente uma jogada política. Hipocrisia no seu estado mais puro. Distorceram os conceitos que as obras procuravam passar, e mesmo que fossem conceitos diferentes, não poderiam ter feito o que fizeram.
Estive agora em outubro e novembro em Portugal e Espanha expondo e nos passeios pelos inúmeros e maravilhosos museus, cansei de ver obras e instalações do gênero. Vi muitos pais com crianças e adolescentes contemplando com naturalidade. O que falta aqui é educar o povo. A maldade está na cabeça de cada um, precisamos acabar com esses tabus e preconceitos. A Arte é uma boa forma, então dou um viva a Arte e sua liberdade!

3- O que esperar de Goretti Castro pra 2018?

GC: Esse ano estou pretendendo realizar uma exposição aqui no Recife, que é o meu chão e já tenho convite para ir à Lisboa inaugurar uma galeria no Parque das Nações. Convite para expor no Forte de São Francisco em Chaves - Portugal e convite da Embaixada Brasileira para expor na Casa do Brasil.
O ano está apenas começando e que seja de conquistas e paz para todos nós. E como costumamos falar entre os artistas: Que a Arte esteja com você!


Contato: +55-81-98862.6608 - Wpp
E-mail: goretticastro11@gmail.com
Fotos: Divulgação.











domingo, 14 de janeiro de 2018

JOHNNY HOOKER no CARNAVAL :: 12/02 :: MARCO ZERO - RECIFE - BRASIL.


Turnê Coração no Carnaval do Recife 2018.

Johnny Hooker estreou no Recife a turnê Coração, seu segundo álbum, para um público com mais de 20 mil pessoas. O novo show trás um repertório mais diversificado com samba, axé e tecnobrega, e aquela vibe que só o cantor pernambucano sabe fazer.

Este evento foi criado pelo o FC Malditos do Johnny para mobilizar a Prefeitura do Recife a trazer o cantor Johnny Hooker para realizar o show da sua nova turnê no carnaval do Recife 2018.

Confirme a sua presença, vamos mostrar a nossa força!

Segunda-feira dia 12 de fevereiro das 22:00 às 23:59

Praça do Marco Zero Recife Antigo.


Divulgação: Liz Donovan
Fotos: Divulgação.

ZÉ BEZERRA :: ESCOLINHA de ARTE :: 15 à 18/01 :: GRAÇAS - RECIFE - BRASIL.


Módulo do Curso de Ferias:

R$ 200,00
- Valor com material incluso;
- Desconto de 10% à partir de 02 criança da mesma família (irmãos);
- Desconto de 10% para grupos com no mínimo 05 crianças;
- Sócios da ANARTE/PE, Técnicos e Professores da UFPE terão 10% de desconto no curso integral ou nos módulos;
- Os descontos não são acumulativos.

15 à 18 de Janeiro das 14h às 17h.

Escolinha de Arte
Rua do Cupim, 124 - Graças - Recife.

Info: 81-3222.0050

Adequado para crianças

C/O: Escolinha de Arte que foi fundada por Augusto Rodrigues.
Fotos: Divulgação.

RENATA ROSA :: "ENCANTAÇÔES" :: 19/01 :: CASA ASTRAL :: POÇO da PANELA - RECIFE - BRASIL.


Dona de uma premiada trajetória, depois de plantar sua semente com o álbum de estréia Zunido da Mata (Prêmio Choc de L’année – Le Monde de la Musique) e de receber o Prêmio da Música Brasileira e a indicação de Melhor Álbum pela World Music Central por seu segundo álbum, “Manto dos Sonhos”, Renata Rosa nos traz o seu álbum “Encantações”.
Seu álbum Encantações figurou em 2017 no ‘TOP OF THE WORLD’ pela revista inglesa Songlines. Está no TOP 10, entre os 10 Cds de destaque lançados neste ano no Reino Unido na Seleção de Sir David Attenborough, o lendário diretor da BBC.

Com um trabalho consolidado, Renata Rosa já se apresentou em mais de 200 cenas na Europa, de Festivais de Música do Mundo a importantes cenas de Jazz, com destaque para a Sala Flagey – da Filarmônica de Bruxelas, Theatre des Bouffes du Nord, Festivais Jazz a Nancy, Jazz Sur les Pommiers (França), Pohoda (Eslováquia), Sziget (Hungria), Førde (Noruega), Ethnoport (Polônia).

Entre seus feitos estão criações para o Museu do Louvre e para o Theatre de la Ville de Paris.

Link para ouvir Encantações:  https://www.youtube.com/watch?v=IJ3m29FRZOk

Ingressos:
Lote 1 - R$15,
Lote 2 - R$20,
https://www.sympla.com.br/renata-rosa-na-casa-astral__229851

Sexta-feira dia 19 de Janeiro às 21:30h
Sábado dia 20 de Janeiro às 23:30h

Casa abre às 20h

Casa Astral 
Rua Joaquim Xavier de Andrade, 104 - Poço da Panela - Recife.


C/O: Renata Rosa.
Divulgação: Fábia Siqueira.
Fotos: Divulgação.

IMPERFECT SOULs - REVENGE to BETRAVAL - FINAL CREATION :: 18/01 :: BURBURINHO :: RECIFE ANTIGO-BRASIL.


Quinta-feira dia 18 de Janeiro das 20h às 00h

Ingresso: R$10,

Burburinho
Rua Tomazina, 106 - Recife Antigo.

C/O: Alive Studio & Produções.
Fotos: Divulgação.


quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

BAZAR de CARNAVAL :: POÇO das ARTES GALERIA :: 13/01 :: POÇO da PANELA - RECIFE - BRASIL.


Bazar de Carnaval
Sábado dia 13 de Janeiro das 12h às 22h.

Poço das Artes Galeria
Info:  81-3441.6623
Rua Álvaro Macedo, 54 - Poço da Panela - Recife.

Divulgação: Clarissa Garcia.



Fotos: Divulgação.

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

CONCHITA BRENNAND :: O PRAZER do OLHAR :: 09/01 :: ARTE PLURAL GALERIA :: RECIFE ANTIGO - BRASIL.


Exposição da artista plástica Conchita Brennand

Curadoria: Raul Córdula

Toda arte nos leva ao prazer. Mesmo que, por exemplo, o horror contido em “Guernica” de Picasso, o desespero de “O Grito” de Munch ou a loucura da “Nau dos Insensatos” de Bosch, possíveis de nos trazer incômodos impactos, depois de vistos atenciosamente nos conduz ao prazer. O olhar faz primeiramente nos localizar diante do que se vê e identificar o que é visto.
Por outro lado, o que sentiram Picasso, Munch e Bosch quando realiza-ram as citadas obras? Prazer ou estranheza? Creio que as duas coisas. Pergunto ainda: e as paisagens de Monet, Van Gogh, Turner ou Pan-cetti? Puro prazer e pura dor: prazer de alcançar a beleza, e estranheza de arrancar de si aquela nova “coisa” que conviverá com os homens. Para o artista verdadeiro criação é como um parto: um misto de dor e prazer.
Essas ideias me ocorrem diante da arte de Conchita Brennand que apresento para o público da Arte Plural Galeria. Trata-se de uma artista que cria suas maravilhas encantadas pelos mistérios das matas da Várzea há mais de cinco décadas. Irmã de Francisco Brennand, um dos mais importantes artistas do Brasil, e talvez por isso mesmo, ela não é devidamente conhecida como a artista dona de talento e imaginação criativa como poucos. Embora sendo esta grande senhora pessoa muito conhecida em minha geração, vim conhecê-la recentemente e me surpreender ao ver pela primeira vez sua arte.
É claro que Conchita participa desde sempre do mesmo mundo que Francisco, da mesma história repleta de símbolos e miragens que seu irmão mais velho, do ambiente tropical das matas da Várzea e do Capi-baribe donde existem lagos, açudes e aguadas, dos animais, pássaros especialmente, entre solos argilosos, troncos e galhos, folhas e frutos. O espírito da mata se revela em tudo, nas figuras sensuais, nos animais fantásticos e na flora, das raízes às folhas, que se constitui em tramas, malhas e tecidos que envolvem seus tantos corações abertos para o mundo.
Eis aí o ambiente que sugere o paraíso morno e eivado das cores extremas com que Conchita articula sua poética desenhada no seu mundo exótico, e concebe suas composições às vezes orgânicas, às vezes racionais, mas sempre incomuns.
Os sonhos, seu verdadeiro território, seu domínio, se revelam nas concepções que, caóticas embora, são como mapas sem pontos cardeais, texturas aveludadas rompidas por fortes traços como marcas de machados na árvore. Por se apegarem aos sonhos não quer dizer que sejam narrações, histórias, ilustrações gráficas da realidade. São, como qualquer obra de arte, símbolos em si, índices de seu imaginário, ícones elementais, signos de prazer. O prazer do olhar.

Terça-feira, dia 9 de Janeiro das 19h às 22h.

Arte Plural Galeria
Rua da Moeda, 140 - Recife Antigo.


Conchita Brennand na coletiva de imprensa da sua primeira exposição: O prazer do Olhar!


C/O: Arte Plural Galeria.
Fotos: Divulgação.

MÁRCIO LUGÓ :: "PÊNDULO" :: 30/01 :: O MUNDO LÁ de CASA :: HIPÓDROMO - RECIFE - BRASIL.


Terça-feira, dia 30 de Janeiro de 2018.
A casa abre às 19h, show às 21h.
Para garantir seu ingresso confirme presença no evento.
(vagas limitadas)

O Mundo Lá de Casa
Rua Martins Ribeiro - Hipódromo - Recife
Participação especial Carlos Filho

MÁRCIO LUGÓ, cantor e compositor paulistano, apresenta o seu terceiro disco autoral, PÊNDULO, com letras e percepções que reforçam a arte como reflexo da sociedade com inteligência e destreza. Misturando sutileza e força em uma estética sonora moderna e original, o cantautor se debruça sob o equilíbrio difícil entre dois pontos, dois lados, dois tempos.

INGRESSOS:
R$ 25,00

INGRESSOS ANTECIPADOS VIA DEPÓSITO:
R$20

ITAU
Ag. 8471
Cc. 12447-2
CPF 318.185.378-00

ou

BANCO DO BRASIL
Ag. 1526-1
Cc. 121139-0
CNPJ 11.565.242/0001-49

ENVIE O COMPROVANTE PARA:
contato@marciolugo.com

Acesse http://www.marciolugo.com/
Curta https://www.facebook.com/marciolugooficial
Assista https://www.youtube.com/marciolugo
Escute https://soundcloud.com/marciolugo
Siga http://instagram.com/marciolugo
Siga  https://twitter.com/marciolugo

Adequado para crianças


Fotos: Guilherme Guerra.



C/O: Márcio Lugó
Fotos: Divulgação.

GRAVATÁ JAZZ FESTIVAL 2018 :: 10 à 13/02 :: GRAVATÁ - PERNAMBUCO - BRASIL.






































Um festival para encher de orgulho e atrações de tirar o fôlego, assim será o Festival de Jazz de Gravatá 2018. Músicas que marcaram gerações, vozes que ecoam letras históricas e instrumentos que harmonizam esse super ritmo contemporâneo.
Neste Carnaval, Gravatá é uma maravilhosa opção para sua família e amigos.


C/O: Eduardo Cortes & Giovanni Papaleo.
Fotos: Divulgação.

CAETANO MORENO ZECA TOM VELOSO :: TEATRO RIO MAR :: 09/01 :: RECIFE-BRASIL.


CAETANO
MORENO
ZECA
TOM
VELOSO

Terça-feira, dia 9 de janeiro das 21:00 às 23:59h.

Teatro RioMar
Avenida República do Líbano, 251- Recife - Pernambuco

Ingressos bit.ly/CMZTrecife  *INGRESSOS ESGOTADOS!


Há muito tempo tenho vontade de fazer música junto a meus filhos publicamente. Desde a infância de cada um deles gosto de ficar perto. Cada um é um. Sempre cantei para eles dormirem. Moreno e Zeca gostavam. Tom me pedia pra parar de cantar. Indo por caminhos diferentes, todos se aproximaram da música a partir de um momento da vida. Moreno, que nasceu vinte anos antes de Zeca, formou-se em física. Tom, que nasceu cinco anos depois de Zeca, só gostava de futebol. Moreno e Tom já se profissionalizaram como músicos. Zeca, depois de passar parte da adolescência experimentando com música eletrônica, começou a compor solitariamente. Quero cantar com eles pelo que isso representa de celebração e alegria, sem dar importância ao sentido social da herança. É algo além até mesmo do "nepotismo do bem", na expressão criada por Nelson Motta.

Faz uns anos, fiz, atendendo a um convite específico, um show com Moreno, que foi uma das melhores coisas que já aconteceram na minha vida. No show que faremos agora, voltaremos a certas canções impossíveis de serem descartadas, como "Um canto de afoxé para o bloco do Ilê" ou "Sertão". Moreno tem uma linha criativa extremamente refinada. Os trabalhos com o grupo +2 são uma marca profunda e duradoura da sua geração. Seu disco individual é um dos mais belos exemplos de delicadeza da história da canção brasileira.

Logo depois comecei a fazer o trabalho com a Banda Cê e Recanto pra Gal. Moreno esteve em todos esses projetos como produtor, trazendo sua sabedoria. No meio tempo, Zeca e Tom foram crescendo. Tom, no começo, nem ligava pra música. Hoje faz parte da banda Dônica e é, de nós quatro, o mais naturalmente dotado para as relações entre as alturas, os tempos e todos os signos musicais. Zeca, que sempre adorou música, justo quando achava que não havia para si mesmo um caminho nessa atividade, compôs um grupo de canções comoventes. Ao ouvir uma delas, Djavan exigiu que ele a mostrasse em público. Ele resistiu mas nesse show finalmente obedecerá a Djavan. Tom, em sua relação de discípulo com Cézar Mendes, desenvolveu uma capacidade de execução notável. E logo já começava a compor com seu mestre. Entrei como letrista numa dessas canções que ele fez com Cézar. E agora, na preparação desse novo show, fiz letra para uma música só sua.

Assim, no show apresentaremos algumas dessas coisas que cresceram em nós, de nós. E canções minhas escolhidas por eles. "O Leãozinho", que os filhos de tanta gente pedem, os meus não deixaram de pedir. E coisas como "Reconvexo" têm de estar ali confirmando a linhagem. Há clássicos de Moreno e canções novas de todos (inclusive minhas). Nas primeiras conversas, imaginamos chamar um pequeno grupo de músicos para enriquecerem os arranjos. Mas, ensaiando, decidimos ficar só os quatro no palco. O som será mais para o acústico e muito singelo. Eu sou o único que só toca violão. Os outros podem se revezar em alguns instrumentos. É um show familiar, nascido da minha vontade de ser feliz. Ter filhos foi a coisa mais importante da minha vida adulta. O que aprendi com o nascimento de Moreno - e se confirmou com as chegadas de Zeca e Tom - não tem nome e não tem preço. Mas nosso show também tem a responsabilidade de apresentar números com qualidade profissional. Creio que não somos uma família de músicos, como há tantas, dado o caráter comprovadamente genético do talento musical, mas seguramente somos músicos de família. Os shows são dedicados às mães deles, a Cézar Mendes e à memória de minha mãe.

- Caetano Veloso.



Shopping Rio Mar tendo ao fundo a praia de Boa Viagem e seus "arranha céu".

C/O: Paula Lavigne.
Fotos: Divulgação.